Open Banking: conheça a principal tendência de 2018Fontes Promotora de Crédito
Open Banking - conheça a principal tendência de 2018

Open Banking: conheça a principal tendência de 2018

1 de março de 2018
|
0 Comentários
|

De acordo com a estimativa da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), os bancos investem cerca de R$ 20 bilhões por ano em tecnologia no país.
Esses altos investimentos permitem que, hoje, os usuários possam acessar suas contas bancárias no aplicativo de um banco concorrente. Ou então juntar em apenas um cartão todas as suas movimentações de crédito ou débito. Essa realidade foi possibilitada graças aos inúmeros avanços do chamado “open banking”, uma nova promessa de revolução no setor financeiro. No open banking, as instituições financeiras disponibilizam parte de seus API’s para terceiros, permitindo a criação de produtos integrados e viabilizando a descentralização do sistema bancário.

O que são os API’s?

Antes de entender o conceito de open banking é importante saber o que é um API. API é a sigla para Application Programming Interface, ou em português, Interface de Programação de Aplicativos. Os API’s nada mais são do que um conjunto de padrões de programação que permite a construção de aplicativos.

API é a “raiz” dos aplicativos, ou seja, a interface que roda por trás de um aplicativo ou site. Essa API pode estar conectada a diversos sistemas e aplicativos.

Os API’s são os principais responsáveis pelo sucesso das fintechs, possibilitando sua parceria com as instituições financeiras.

Vantagens do open banking

O open banking tem se popularizado graças à pressão exercida pela entrada de novos agentes no mercado, com forte abordagem digital. Essas novas tecnologias são populares principalmente entre pessoas mais jovens.

Essa “abertura dos bancos” facilita o acesso das informações bancárias do cliente a aplicações para terceiros, que podem utilizá-las, desde que autorizados, para entregar serviços específicos ou ofertas de serviços mais personalizados.

A experiência singular e a inovação dos serviços possibilitam o crescimento dos serviços financeiros, trazendo lucro tanto para as instituições financeiras quanto para os usuários.

Foco na experiência do usuário

A evolução do “internet banking” para o “open banking” com certeza vem para melhorar a experiência de uso do cliente. Com a mudança dos padrões do consumidor e a preferência pelos aplicativos para mobile, as instituições financeiras têm buscado cada vez mais proporcionar uma experiência personalizada através da inovação dos serviços oferecidos.

Com isso, o consumidor só tem a ganhar, pois conta com a possibilidade de realizar todas as operações bancárias que deseja utilizando apenas uma ferramenta adaptada às suas necessidades.

E aí? Gostou de saber mais sobre essa nova tendência do mercado financeiro? Acompanhe o nosso blog e fique por dentro de outras novidades!